Cães auxiliam nas buscas por vítimas de explosão de loja

Portal Terra

SANTO ANDRÉ - Três cães auxiliam nas buscas por vítimas da explosão de uma loja de fogos de artifício nesta quinta-feira em Santo André, no ABC Paulista. Dois pastores belgas bege e um labrador preto fazem os trabalhos em conjunto com o Corpo de Bombeiros.

A explosão causou um incêndio de grandes proporções na rua Américo Guazelli, na altura do número 200, por volta das 12h30. Pelo menos duas pessoas morreram e outras seis ficaram gravemente feridas, segundo os Bombeiros. Mais uma pessoa está desaparecida. As vítimas ainda não foram identificadas. A polícia acredita que a loja, que tinha alvará de funcionamento, também era uma fábrica irregular de fogos de artifício.

Mais cedo, um suposto desaparecido foi encontrado longe do local onde a loja explodiu. Um adolescente de 14 anos que também estava sendo procurado nos escombros foi encontrado na escola em que estuda.

A prefeitura de Santo André informou que 20 pessoas tiveram que deixar suas residências após a explosão. Os moradores terão que ficar em casas de parentes. O aposentado Luis Oliveira, 70 anos, descreveu o que chamou de "cena de terror" ao chegar em sua casa, a cerca de um quarteirão de onde ficava a loja de fogos. Segundo ele, a força da explosão projetou estilhaços de tijolos para longe.

- Eu vi a casa da minha sogra destruída e meninas passando correndo feridas, em busca de ajuda - disse Oliveira. Segundo ele, os moradores não tinham ideia do "poder de fogo do material que o dono da loja guardava no estoque".