Lula deixa Equador por estar preocupado com Alencar

Laryssa Borges, Portal Terra

DA REDAÇÃO - O presidente Luiz Inácio Lula da Silva decidiu antecipar em cerca de duas horas o seu retorno a Brasília após participar da reunião da União das Nações Sul-Americanas (Unasul) em Quito, no Equador. O retorno ao Brasil foi justificado pelo presidente como uma necessidade de se acompanhar mais de perto a saúde do vice-presidente, José Alencar, que se submete ao tratamento contra um câncer.

De acordo com fontes da presidência da república, Alencar teve um sangramento nesta segunda-feira e teve de ir ao Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo. O problema foi contornado e o vice repousa na capital paulista.

No domingo, o presidente Lula havia telefonado a José Alencar para saber o estado de saúde do vice, que lhe informou que retornaria na próxima quinta-feira para uma revisão de seu tratamento médico.

Preocupado, Lula decidiu cancelar sua presença na posse de Rafael Correa para o segundo mandato consecutivo no Equador, após ter sido informado do sangramento de José Alencar.

Ainda em Quito, o presidente Lula se justificou a Correa lembrando que ele havia estado presente na primeira posse do mandatário equatoriano. Lula deve desembarcar em Brasília por volta das 19h desta segunda-feira.