Polícia apreende 11 quilos de crack com mãe e filha no RS

Portal Terra

PORTO ALEGRE - Uma operação do Serviço de Inteligência e Pelotão de Operações Especiais da Brigada Militar do Rio Grande do Sul apreendeu 11,560 kg de crack que estavam com duas mulheres - mãe e filha - na rua Coronel Marcelino, região central de Canoas.

De acordo com a corporação, as duas mulheres - Simone Devico, 30 anos, e Vilma Rossi Devico, 52 anos - eram investigadas há duas semanas pela polícia. O marido de Simone cumpre pena no presídio de segurança máxima de Charqueadas (RS) e é suspeito de ainda comandar parte do tráfico de crack na região. Durante a apreensão, ele teria ligado aos policiais e oferecido dinheiro pela liberação da carga, avaliada em mais de R$ 160 mil, segundo informações da Brigada Militar.

A droga estava embalada e estocada dentro de um Fiat Stilo preto, que foi deixado do lado de fora de um estabelecimento que funciona como lava-jato e estacionamento. A mãe e filha foram presas quando chegaram ao veículo para recolher a droga. Segundo a polícia, Simone resistiu à prisão e teve que ser contida pelos policiais.

Após a prisão, os policiais fizeram uma busca na casa das duas, na rua Encantado, bairro Mathias Velho, zona oeste do município. No local, segundo a Brigada Militar, foram encontradas armas, munição de vários calibres e uma pequena quantidade de crack.