José Alencar tem alta da UTI e vai para quarto

Portal Terra

SÃO PAULO - O Hospital Sírio-Libanês informou neste domingo, por meio de boletim médico, que o vice-presidente da República, José Alencar, teve alta da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) nesta manhã e foi transferido para um quarto. Segundo o hospital, sua recuperação tem sido bastante satisfatória.

Alencar passou por uma colostomia na tarde de sexta-feira, procedimento no qual é instalado uma sonda que é ligada a uma bolsa externa para recolher resíduos do corpo. Foi a 15ª cirurgia a que o político se submeteu no tratamento contra o câncer.

Alencar descobriu que tinha câncer em 1997, quando após um check-up foi encontrado um tumor no rim direito e outro no estômago, retirados naquele mesmo ano. Em 2000, uma nova cirurgia retirou um tumor na próstata. Depois da retirada de outros nódulos, agora no abdome, Alencar foi diagnosticado com câncer no intestino.

Em janeiro deste ano, ele enfrentou cerca de 17 horas de operação para a retirada de nove tumores na região abdominal. Na mesma cirurgia, os médicos retiraram parte do intestino delgado, outra do intestino grosso e uma porção do ureter, canal que liga o rim à bexiga. Alencar chegou a ficar internado 22 dias após a operação.

Contrariando as expectativas, no entanto, os exames seguintes apontaram a volta de 18 tumores na região. Uma nova cirurgia foi inicialmente descartada e os médicos optaram por um remédio em fase de teste no Centro Oncológico MD Anderson.

Após sentir dores abdominais, o vice-presidente voltou a ser internado no último dia 8 e foi submetido à sua 14ª cirurgia no dia 9.