Móveis de escola pública viram lenha para padaria no MA

Portal Terra

DA REDAÇÃO - Um homem que queimava carteiras de uma escola pública no forno de sua padaria em São Luís (MA) foi ouvido nesta sexta-feira pelo Ministério Público (MP) para dar esclarecimentos. Segundo o MP, o homem já havia afirmado anteriormente que doou pães ao colégio e recebeu, de contrapartida, os móveis velhos.

O conteúdo da conversa desta sexta-feira não foi divulgado. De acordo com o Ministério Público, o padeiro não havia dito de qual escola era o material, mas já foi confirmado que era de um colégio público.

Os móveis foram recolhidos na terça-feira pela Secretaria de Educação do Estado. O MP afirmou que muitas carteiras estavam em bom estado e poderiam ser aproveitadas e outras, que não estavam em boas condições, ainda poderiam ser reformadas.