Nem todos ministérios terão recomposição de créditos, diz ministro

Yara Aquino , Agência Brasil

BRASÍLIA - O ministro do Planejamento, Paulo Bernardo, afirmou nesta quarta-feira que não será possível atender a toda a demanda por recomposição de créditos orçamentários pedida pelos ministérios. Esse volume chega a R$ 21 bilhões, segundo Bernardo.

É evidente que não temos condições de atender tudo isso , afirmou Bernardo, após se reunir com a ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff. Ele disse que só poderão ser atendidos aqueles ministérios para os quais foram feitas reservas antecipadas.

Ao falar sobre a impossibilidade de atender a toda a demanda, Bernardo brincou, dizendo que pedir não ofende . Garantiu ainda que os pedidos dos ministérios não deixarão de ser analisados.