Comissão do Senado aprova nome de Roberto Gurgel para PGR

Pedro Peduzzi, Agência Brasil

BRASÍLIA - A Comissão de Constituição e Justiça do Senado aprovou por unanimidade a indicação de Roberto Gurgel para a Procuradoria Geral da República. A nomeação depende agora de aprovação no plenário do Senado.

Ao ser sabatinado nesta quarta-feira, Gurgel afirmou que a transparência do Ministério Público será uma das prioridades da sua gestão, caso seu nome seja aprovado pelo Senado.

Gurgel afirmou que implantará um sistema único de informações para organizar os dados do Ministério Público disponíveis em todo o país, com o objetivo de informar ao público quanto gasta a instituição.

O Ministério Público está devendo, sim, uma transparência muito maior do que a atual .

Sobre o caso do o ex-ativista e escritor italiano Cesare Battisti, Gurgel afirmou que é assunto do Executivo e que não valeria fazer nenhuma censura de opinião ao ministro da Justiça, Tarso Genro.

O presidente da CCJ, senador Demóstenes Torres (DEM-GO), manifestou interesse de encaminhar ao plenário a indicação, com pedido urgência, de modo que a matéria seja votada ainda nesta semana.