Polícia do RS ajuda em busca a secretário acusado de estupro

Fabrício Escandiuzzi, Portal Terra

FLORIANÓPOLIS - Policiais do Rio Grande do Sul auxiliam nas buscas ao secretário municipal de Educação de Mondaí (SC), Reneo Staudt, que teve prisão decretada por um suposto estupro contra uma ex-aluna de 14 anos.

Em Mondaí, o caso gerou revolta. Por estar na divisa com o Rio Grande do Sul, a suspeita da polícia é a de que Reneo possa ter se refugiado em algum município do norte do Estado gaúcho.

A prefeitura não se manifesta oficialmente sobre o assunto e as polícia montou cercos em vários pontos da região. De acordo com a delegada Lisiane Junges, o professor é considerado um foragido e mesmo se vier a se apresentar à polícia permanecerá detido.

- As investigações nos trazem a cada dia mais evidências sobre sua participação - destacou.

- O mandado de prisão não tem (prazo de) validade e continuamos a procura do secretário, considerado formalmente como um foragido da Justiça.

Reneo é suspeito de estuprar uma adolescente de 14 anos, que teria sido sua aluna de 2005 a 2008. De acordo com o depoimento da garota, ele teria oferecido uma carona na última quinta-feira e a levado a um motel de uma cidade vizinha após ameaçá-la. Exames realizados num hospital local comprovaram o estupro.