Seminário debate obrigações do Estado com vítimas do regime militar

Agência Brasil

SÃO PAULO - Procuradores da República, juízes federais e representantes do governo federal, do meio acadêmico e da sociedade civil participam hoje, em São Paulo, do seminário 'As Possibilidades de Justiça no Processo de Acerto de Contas do Estado Brasileiro com as Vítimas do Regime Militar - A Justiça de Transição no Estado Democrático de Direito'.

O seminário vai tratar das obrigações que um Estado democrático tem em relação às vítimas de violações dos direitos humanos e refletir sobre as reparações às vítimas da ditadura militar.

Participam do evento, às 10h, o ministro Paulo Vannuchi, da Secretaria Especial de Direitos Humanos, o advogado Marco Antônio Rodrigues Barbosa, presidente da Comissão Especial Sobre Mortos e Desaparecidos Políticos, o jurista Dalmo Dallari e o deputado Pedro Wilson, vice-presidente da Comissão de Direitos Humanos da Câmara dos Deputados. O seminário vai até as 17h na Livraria Cultura.