Golpistas oferecem diplomas falsos por R$ 200

Portal Terra

SÃO PAULO - A venda de diplomas falsos virou um mercado que abrange comercialização pela internet, nas ruas e até escolas. De acordo com o Fantástico, golpistas ofereceram documentos por R$ 200.

No Rio Grande do Sul, por R$ 1,6 mil é possível comprar um diploma de graduação em Administração ou Engenharia. No caso de formação em Medicina ou Direito, o diploma custa R$ 2,2 mil.

Ainda de acordo com o telejornal, no centro de São Paulo, um diploma com carimbo do Ministério da Educação é negociado por R$ 200.

No Rio de Janeiro, um homem vendia diploma de curso superior por R$ 2,3 mil. Em três dias, é possível adquirir um documento de conclusão do curso de Engenharia da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), por exemplo.

O Fantástico foi à UFRJ, que disse que o diploma é totalmente diferente do oficial, entregue pela universidade a seus estudantes.

O esquema chega até a colégios, como no caso da escola técnica Ceitec, no Rio de Janeiro. É possível comprar um certificado de ensino médio por R$ 600, recebendo histórico escolar e declaração de conclusão de curso.O certificado chega com o nome de outro colégio, o ATG.

Procurada pelo telejornal, a Secretaria de Educação do Estado do Rio de Janeiro afirmou que Ceitec e ATG vão ser investigados.