Lula: é possível voltar em 2014 se oposição ganhar em 2010

Portal Terra

BRASÍLIA - O presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou, em entrevista ao grupo RBS, no Rio Grande do Sul, que há possibilidade de ele voltar a concorrer à Presidência em 2014 caso um adversário vença em 2010. Lula disse, no entanto, que se recusa a discutir sobre as eleições de 2014, pois "não seria benéfico" para ele e seus candidatos no próximo pleito.

- Se a Dilma for eleita, eu vou torcer para ela fazer o melhor que alguém possa fazer neste País e ela ser candidata à reeleição. Ora, se for um adversário que ganhe, aí sim, pode estar previsto: 'Bom, em 2014 é possível voltar'. Depende. Depende também, porque, olhe, ficar aqui é muito difícil - disse Lula em entrevista divulgada nesta sexta-feira.

Lula afirmou ainda que a ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, "vai ficar extraordinária" e "pronta para o embate" para as eleições. Na quinta-feira, o médico que realiza o tratamento de um câncer linfático da ministra, Paulo Hoff, afirmou que acredita que Dilma está curada e que não apresenta nenhuma evidência de câncer.

Questionado sobre a possibilidade de o PMDB indicar um candidato a vice para a chapa de Dilma, Lula disse que a possibilidade será discutida.

- É um partido com um potencial muito grande. Mas não é apenas isso que credencia alguém para ser vice. Primeiro, o vice tem que ser da concordância de quem vai ser candidato a presidente - afirmou ao jornal.