Cerimônia no mar vai homenagear vítimas do AF 447

Portal Terra

DA REDAÇÃO - A Marinha do Brasil informou nesta sexta-feira que vai realizar uma cerimônia no mar em memória às vítimas do voo AF 447 na próxima segunda-feira, entre 9h30 e 12h, nas proximidades do Recife. A cerimônia ocorrerá a bordo da fragata Bosísio.

A solenidade terá a participação de outros navios da Marinha que foram utilizados nas buscas por corpos e destroços do Airbus. A Marinha lançará flores no mar durante a cerimônia. Os familiares serão convidados para participar do ato.

Nesta sexta-feira, a Marinha e a Força Aérea Brasileira (FAB) anunciaram o fim das buscas a corpos de vítimas do voo AF 447. A justificativa dada foi a impossibilidade de encontrar mais cadáveres na região. Ao todo, foram encontrados corpos de 51 dos 228 passageiros a bordo da aeronave.

O acidente

O Airbus A330 saiu do Rio de Janeiro no domingo (31), às 19h (horário de Brasília), e deveria chegar ao aeroporto Roissy - Charles de Gaulle de Paris no dia 1º às 11h10 locais (6h10 de Brasília).

De acordo com nota divulgada pela FAB, às 22h33 (horário de Brasília) o voo fez o último contato via rádio com o Centro de Controle de Área Atlântico (Cindacta III). O comandante informou que, às 23h20, ingressaria no espaço aéreo de Dakar, no Senegal.

Às 22h48 (horário de Brasília) a aeronave saiu da cobertura radar do Cindacta, segundo a FAB. Antes disso, no entanto, a aeronave voava normalmente a 35 mil pés (11 km) de altitude.

A Air France informou que o Airbus entrou em uma zona de tempestade às 2h GMT (23h de Brasília) e enviou uma mensagem automática de falha no circuito elétrico às 2h14 GMT (23h14 de Brasília). A equipe de resgate da FAB foi acionada às 2h30 (horário de Brasília).