Agente da PF leva dois tiros durante diligência em AL

Portal Terra

MACEIÓ - Um agente da Polícia Federal (PF) foi atingido na manhã desta sexta-feira com dois tiros disparados por dois motociclistas, enquanto realizava diligências na área rural no município de Rio Largo, a 28 km de Maceió. O nome dele não foi divulgado pela PF.

Internado em um hospital particular da capital, o agente não corre risco de vida. De acordo com o delegado executivo da polícia, Nilton Ribeiro, o agente é gaúcho e foi designado pelo Ministério da Justiça para compor uma força tarefa de combate a crimes eleitorais. 300 inquéritos são investigados. Prefeitos e vereadores já foram indiciados, acusados de comprar votos, em Alagoas.

- A gente está apurando. Não sabemos se foi uma tentativa de assalto ou se tem a ver com o nosso trabalho - explicou o delegado.

- São duas pessoas que estão sendo procuradas. Delegados, escrivães, agentes, policiais civis estão em busca - disse Ribeiro.

O agente foi ferido com dois tiros (braço e abdome), em uma estrada de acesso à Usina Canoas, área rural de Rio Largo. O policial estava acompanhado de outro integrante da PF, em um carro descaracterizado, com placa de Salvador, quando foram abordados por dois homens em uma motocicleta quando o carro diminuía a velocidade em uma estrada de barro, tentando desviar de um buraco. Houve troca de tiros e o agente gaúcho foi atingido. Ninguém foi preso.