Oposição troca relatoria das ONGs por instalação da CPI da Petrobras

Agência Brasil

BRASÍLIA - O líder do Democratas no Senado, Agripino Maia (RN), sinalizou nesta quinta-feira que o partido está disposto a devolver à base do governo a relatoria da Comissão Parlamentar de Inquérito das organizações não governamentais (CPI das ONGs) em troca da instalação da CPI da Petrobras. Nas últimas semanas, os governistas têm condicionado o início dos trabalhos da CPI da Petrobras à devolução da relatoria da outra comissão a um senador da base.

A expectativa da oposição é de que com o recuo não haja mais pretexto para não instalar a CPI da Petrobras.

- Em nome do clamor maior e reconhecendo com humildade que somos minoria, mas entendendo que é nossa obrigação investigar, estamos dispostos, e já conversei com o PSDB, a negociar a relatoria da própria CPI das ONGs com o compromisso de que se instale a CPI da Petrobras - afirmou Maia.

O impasse teve início quando os partidos da base do governo no Senado indicaram o senador Inácio Arruda (PCdoB-CE) para a CPI da Petrobras. Com isso, ele teria que deixar de ser membro titular da CPI das ONGs, na qual era relator. Numa manobra regimental, o senador Heráclito Fortes (DEM-PI), presidente da CPI das ONGs, decidiu nomear, sem consultar os governistas, o líder do PSDB, Arthur Virgílio (AM) para relatoria do colegiado.

Senadores da base do governo alegaram que a decisão de Heráclito era uma quebra de acordo, uma vez que a oposição só obteve a presidência da comissão porque os governistas, maioria na CPI, concordaram.

Com o recuo da oposição em relação à comissão das ONGs, há a expectativa de que a CPI da Petrobras possa ser instalada oficialmente ainda este mês, antes do recesso parlamentar de julho.

- Temos que instalar a comissão [da Petrobras] e essa próxima semana é fulcral para que haja o entendimento, que não houve até agora, e que não foi por nossa culpa - argumentou o líder do DEM.

- O líder Romero Jucá já me colocou que, se abríssemos mão, falando português claro, da relatoria da CPI das ONGs, eles concordariam em instalar a CPI da Petrobras. Precisamos fazer isso logo - completou Maia.