Preso falso desembargador que venderia cargo por R$ 6,6 mil

Portal Terra

JB ONLINE - Um homem de 50 anos foi preso em flagrante, na tarde de terça-feira, em São Paulo, suspeito de estelionato. Carlos Nazar Asrahamjan teria se passado por desembargador e cobrado R$ 6,6 mil de um engenheiro por uma vaga de assessor particular em seu gabinete.

A vítima do golpe, um engenheiro de 44 anos, disse à polícia que o suposto desembargador ofereceu a ele, no último dia 10, um cargo de assessor em seu escritório, localizado próximo à avenida Paulista. Para concorrer à vaga, no entanto, ele deveria fornecer cópia de seus documentos pessoais e os R$ 6,6 mil, que seriam usados para pagar taxas de inscrição e outras despesas.

Desconfiado, o engenheiro pesquisou pelo nome do suposto desembargador e nada encontrou. A vítima avisou a polícia e marcou um encontro com Asrahamjan na manhã de terça-feira, quando pagaria mais uma parcela do valor exigido. O engenheiro já tinha pago R$ 2 mil.

Carlos Nazar Asrahamjan foi preso na alameda Ministro Rocha Azevedo, nos Jardins, região central da cidade. De acordo com a Secretaria de Segurança Pública de São Paulo, com ele foram encontrados documentos do engenheiro e R$ 1 mil, que foram devolvidos à vítima. O caso foi registrado no 2º Distrito Policial.