Mau tempo obriga governador de Alagoas a pousar em fazenda

Odilon Rios, Portal Terra

MACEIÓ - O mau tempo e nuvens carregadas de chuva pegaram de surpresa o helicóptero que levava o governador de Alagoas Teotonio Vilela Filho (PSDB) na manhã desta quarta-feira da capital Maceió a Santana do Ipanema, sertão do Estado. Segundo as assessorias de Comunicação e do Governo, uma manobra do piloto obrigou os passageiros a pousarem na cidade de Bom Conselho, interior de Pernambuco.

Seguranças do chefe do Executivo foram acionados, de Santana do Ipanema, às pressas, e seguiram em comboio a uma fazenda, onde estavam Vilela, o assessor do Governo, Jarbas Omena, e o secretário de Saúde, Herbert Motta. Ninguém se feriu.

Depois do incidente, Vilela seguiu para Santana, onde lançou programa de Combate a Mortalidade Infantil.

- O helicóptero perdeu visibilidade porque o tempo fechou de repente. Não havia segurança de vôo. Então, eles desceram em Bom Conselho - disse o assessor do governador, Beto Jucá.

- Não houve pouso forçado, apenas uma decisão do piloto - explicou a assessora Eliane Aquino.

As fortes chuvas em Alagoas derrubaram pontes, casas e destruíram estradas. 16 cidades decretaram situação de emergência. O rio Paraíba, que fica na região do Vale do Paraíba, invadiu casas. Prefeitos se uniram para ir a Brasília tentar R$ 10 milhões, do Governo Federal, para recuperar os estragos.