Metroviários do Recife fazem paralisação

Alexandra Torres, Portal Terra

RECIFE - Os funcionários do Metrorec, operadora do metrô do Recife, amanheceram de braços cruzados. Os trabalhadores fazem uma greve de advertência de 48 horas, que tem por objetivo reivindicar reajuste salarial. A paralisação gerou um longo tempo de espera nas estações e muito aperto e confusão.

"Eu não sabia da greve, senão teria vindo de Jaboatão de ônibus. Os trens estão todos lotados e há muita confusão para entrar", disse a passageira da linha Jaboatão-Centro Ana Paula Santos. A greve atinge diretamente 190 mil usuários do metrô.

Em assembléia realizada na noite de segunda-feira, na estação Central, a categoria votou pela paralisação de advertência como forma de pressionar o Metrorec a atender os pleitos da categoria. O Sindicato dos Metroviários reivindica reajuste salarial de 12% e aumento no valor dos tíquetes alimentação.

De acordo com o presidente do sindicato, José Inocêncio, a Companhia Brasileira de Transporte Urbano (CBTU) - que engloba o Metrorec - propôs reajuste anual de 4%, ou 8% (desde que bianual). Para os tíquetes foram oferecidos 4%. Outro problema seria a contrapartida da empresa para os planos de saúde dos funcionários. "A CBTU quer reduzir o valor pago por eles para os planos de saúde, nivelando todas as faixas de salário em 50%", afirmou.

Para tentar minimizar o impacto da greve, o Metrorec definiu um esquema especial apenas para os horários de pico no movimento, ou seja, das 5h às 8h30 e das 16h30 às 20h, nas linhas Centro-Jaboatão e Centro-Camaragibe. Nesses períodos, supervisores e gerentes do metrô vão operar 12 dos 14 trens que normalmente funcionam.

Nos outros horários, não haverá composições e as estações ficarão fechadas. Também não funcionará em nenhum horário até quarta-feira, a Linha Sul que vai do centro do Recife à Cajueiro Seco, em Jaboatão dos Guararapes, bem como os trens a diesel que saem da estação Curado até o Cabo de Santo Agostinho. Para tentar compensar a ausência dos trens, serão reforçadas algumas linhas de ônibus e outras serão criadas, especificamente para este período.