Sobe para 6 o número de mortos no Piauí

JB Online

COCAL - O número de mortos no rompimento da barragem Algodões I, no Piauí, subiu de 4 para 6. As equipes de resgate do Piauí retomaram os trabalhos de buscas na cidade de Cocal nesta sexta-feira, depois que a cidade foi inundada pelas águas da represa.

Muitas pessoas ainda estão ilhadas após subirem em montanhas, árvores e pedras para fugir da enchente. Os bombeiros têm dificuldades para atualizar o número de vítimas da tragédia por conta da distância e de locais de difícil acesso. A água invadiu a cidade, arrastando casas e matando animais. Um fazendeiro relatou que perdeu 200 cabeças de gado.

Dos seis mortos, quatro foram identificados: João Alves dos Santos, 72 anos, Francisca das Chagas dos Santos, 63 anos, Maria Tainara dos Santos, 12 anos, e Francisca Maria Pereira, 10 anos. O secretário de Segurança Pública, Robert Rios, informou que os corpos foram encontrados em galhos às margens do rio Pirangi.

Conforme dados enviados pela Defesa Civil Nacional, 11 pessoas estão desaparecidas e outras 80 ficaram feridas. O rompimento da barragem atingiu 2.953 moradoes de Cocal, sendo que 953 estão desalojados e 2.000 desabrigados. Além disso, 120 casas foram destruídas.

Com informações do Portal Terra