Relatório do Greenpeace culpa governo e indústrias por desmatamento

JB Online

DA REDAÇÃO - O Greenpeace divulga nesta segunda-feira, 1º de junho, relatório inédito expondo como marcas famosas do setor de calçados, cadeias de supermercados, produtos de higiene pessoal e grifes de luxo estão, inconscientemente, impulsionando o desmatamento na Amazônia.

O relatório, com informações colhidas durante três anos de investigações, revela ainda como o governo brasileiro se tornou sócio da destruição da Amazônia, financiando a indústria pecuária e investindo em todos os elos da cadeia de suprimento da produção na fazenda ao mercado internacional. Desmatamento ilegal, invasão de terra indígena e trabalho escravo também foram identificados em fazendas que fornecem gado para o mercado global.

A pecuária é o principal vetor de desmatamento do mundo e corresponde a 14% da área total de florestas destruídas em todo o planeta.