Quadrilha é presa por suspeita de desvio de remédios no Pernambucano

Ana Lima Freitas, Portal Terra

RECIFE - Um grupo de quatros pessoas foi preso na manhã desta sexta-feira por suspeita de desviar medicamentos de hospitais públicos de Pernambuco. A operação Tarja Preta, desencadeada pela Polícia Civil do Estado, prendeu os técnicos de enfermagem Valmir Florentino Gomes, 29 anos, Leandro José de Barros Almeida, 30 anos, Ernani Alves da Silva, 32 anos, e a balconista Suelani Maria de Souza, 30 anos.

Os três técnicos de enfermagem trabalhavam nos hospitais públicos Correia Picanço, Otávio de Freitas e Geral de Jaboatão, respectivamente. A polícia ainda apura a quantidade de medicamentos desviada. O grupo era investigado desde fevereiro por suspeita de vender receitas de remédios de uso controlado e desviar os medicamentos que seriam distribuídos gratuitamente aos usuários do SUS.

Os suspeitos foram indiciados pela Delegacia de Repressão aos Crimes contra a Administração e Serviços Públicos pelos crimes de peculato, tráfico de entorpecentes, formação de quadrilha, exercício ilegal da profissão e associação para o tráfico. Os envolvidos devem ser apresentados ainda nesta sexta-feira.