PF faz operação contra escutas clandestinas no Espírito Santo

Roberta Lopes, Agência Brasil

BRASÍLIA - A Polícia Federal (PF) iniciou nesta quarta-feira uma operação contra escutas clandestinas e a falsificação de diplomas. Chamada de Capelo, a operação é realizada nas cidades de Vitória, Vila Velha, Serra, Cariacica, Guarapari, Piuma e Itarana, todas no Espírito Santo. A PF cumpre no estado nove mandados de prisão e 17 de busca e apreensão.

Segundo informações da PF, detetives particulares grampeavam os telefones das vítimas e vendiam os diálogos interceptados ilegalmente para clientes. Um funcionário de empresa terceirizada pela concessionária que presta serviços de telefonia passava as informações ao grupo. Eles contavam com a ajuda de um policial militar e de um ex-policial.

Além das escutas, o grupo produzia e comercializava diplomas falsos de ensino médio ou de curso técnico. Os anúncios eram feitos na internet. Para emitir os diplomas, os criminosos criaram duas escolas virtuais.