Oposição protocola nomes de senadores para a CPI da Petrobras

Marina Mello, Portal Terra

BRASÍLIA - Os partidos de oposição - DEM e PSDB - protocolaram na manhã desta quarta-feira, na Mesa Diretora do Senado, os nomes dos senadores que vão integrar a CPI da Petrobras. Para ocupar as vagas de titulares foram indicados o próprio Sérgio Guerra, o senador Álvaro Dias (PSDB-PR) e ACM Júnior (DEM-BA). Os senadores Heráclito Fortes (DEM-PI) e Tasso Jereissati (PSDB-CE) foram os nomes sugeridos para as vagas de suplentes da oposição.

Como já haviam anunciado anteriormente, as legendas priorizaram nomes de políticos que integram suas cúpulas nas indicações. A idéia, com isso, é que os nomes escalados consigam atrapalhar a tática que será utilizada pelos governistas para blindar as investigações, explica o presidente do PSDB, Sérgio Guerra (PE).

- Estou convencido de que, independentemente dos nomes indicados, a base já decidiu que não quer investigar. Nós vamos lutar contra isso - disse o tucano.