Bastos e Rebelo devem testemunhar nesta quarta no processo do mensalão

Elaine Patricia Cruz , Agência Brasil

SÃO PAULO - Mais nove testemunhas de defesa de réus do processo que investiga o esquema de venda de votos no Congresso Nacional, conhecido como mensalão, deverão ser ouvidas na tarde desta quarta-feira pela juíza Silvia Maria Rocha. Entre as testemunhas de defesa de hoje estão o ex-ministro da Justiça Márcio Thomaz Bastos, o deputado federal Aldo Rebelo (PCdoB-SP) e o secretário extraordinário de Reformas Econômico-Fiscais do Ministério da Fazenda, Bernard Appy.

Também serão ouvidos Nelson Biondi, Carlos Alberto Libanio, Ivan Gonçalves Ribeiro Guimarães, Ricardo Baldassarini, Ivan Guimarães e Roberto Marques. Os depoimentos ocorrem a portas fechadas no Fórum Criminal Federal de São Paulo.

A ação penal que investiga o pagamento de propinas a parlamentares para apoiarem iniciativas do governo no Congresso foi aberta no Supremo Tribunal Federal (STF) em agosto de 2007, após o recebimento de denúncia do procurador-geral da República Antonio Fernando Souza contra 40 acusados de envolvimento no esquema.