Gripe suína: UPAs estão prontas para o atendimento

Jornal do Brasil

RIO - As Unidades de Pronto Atendimento - 24h (UPAs) também estão preparadas para identificar pacientes suspeitos de estar infectados com o vírus H1N1 da gripe suína. A Secretaria Estadual de Saúde do Rio enviou protocolos a todos os postos com instruções de como proceder.

A fim de integrar as ações combativas, o superintendente de serviços de urgência e emergência pré-hospitalares e responsável pelas UPAs, coronel Suares, organiza reuniões quase todos os dias com o Centro de Operações para a Influenza A. O centro é gerido pelos governos municipal e estadual.

Se algum caso for identificado na UPA, o paciente vai ser encaminhado a uma sala com isolamento respiratório da unidade. O cômodo é o mesmo utilizado para acomodar pacientes com tuberculose e meningite. Os casos podem ser confirmados por exames que, por meio de exclusão, podem identificar a Influenza A.

Se o caso for confirmado, o paciente será dirigido a um dos hospitais de referência. Em todo o estado, existem quatro unidades preparadas para tratar os doentes: Hospital Universitário Clementino Fraga Filho (Hospital do Fundão), Hospital Universitário Dr. Pedro Ernesto (Hospital da Uerj), Hospital Central Iaserj e Instituto de Pesquisa Clínica Evandro Chagas (Hospital da Fiocruz).