Casos suspeitos de gripe suína no país sobem para 22

Paula Laboissière , Agência Brasil

BRASÍLIA - O número de casos suspeitos de gripe suína no Brasil subiu de 18 para 22. Segundo informações divulgadas hoje (11) pelo Ministério da Saúde, os casos foram registrados em oito unidades federativas São Paulo (dez), Distrito Federal (três), Pernambuco (três), Rio de Janeiro (dois), Paraná (um), Alagoas (um), Rondônia (um) e Ceará (um).

De acordo com a assessoria do ministério, 22 pessoas e não mais 25 estão sendo monitoradas por apresentarem sintomas da doença. Os números se referem a informações repassadas pelas secretarias estaduais de Saúde. Ao todo, 164 casos já foram descartados no país.

Até o momento, os casos confirmados são oito: três no Rio de Janeiro, dois em São Paulo, um em Minas Gerais, um no Rio Grande do Sul e um em Santa Catarina.

Em nota, o ministério diz que não há evidências da transmissão de pessoa para pessoa do vírus H1N1 no Brasil, "tendo em vista terem sido detectados somente dois casos de transmissão autóctone [dentro do território nacional], ambos com vínculo epidemiológico com o caso-índice procedente do México". Isso significa que o governo não considera os estados brasileiros com casos confirmados como áreas afetadas pela gripe suína.