Após críticas de inchaço, governo divulgará investimentos

Laryssa Borges, Portal Terra

BRASÍLIA - Para evitar o crescimento de críticas sobre o inchaço da máquina pública, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva decidiu convocar uma reunião do Conselho Político da Coalizão, instância que reúne todos os partidos da base governista, para apresentar um balanço dos investimentos e gastos do governo federal. O encontro deverá ocorrer após Lula retornar, na próxima semana, de viagem à China.

- Não tem de fato inchaço. (Os números) demonstram que se trata da recuperação do papel do Estado brasileiro - comentou o chefe de gabinete do presidente Lula, Gilberto Carvalho.

O próprio Lula chegou a pedir uma radiografia para que os parlamentares da base aliada possam saber o real número de contratações feitas pelo erário, além dos investimentos e gastos em programas sociais e políticas de pagamento de juros, por exemplo.

O ministro de Relações Institucionais, José Múcio Monteiro, admitiu que a iniciativa deverá responder às críticas do inchaço da máquina pública, mas disse que a proposta não leva em conta possíveis dificuldades com ataques que a ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff, candidata do governo à sucessão do presidente Lula, poderá sofrer de oposicionistas em 2010.

Crise financeira

Para esta quarta-feira, o ministro da Fazenda, Guido Mantega, prepara uma outra reunião do Conselho Político para informar aos deputados e senadores como o Brasil tem enfrentado a crise financeira mundial e negociar com os congressistas a aprovação de medidas provisórias de teor econômico editadas em meio às turbulências mundiais.