Casos suspeitos de gripe suína caem de 30 para 18 no Brasil

REUTERS

SÃO PAULO - O Ministério da Saúde informou neste domingo que o número de casos considerados suspeitos da gripe H1N1 no Brasil caiu de 30 para 18, enquanto o número de casos em monitoramento permanece em 25.

O Estado de São Paulo concentra a maioria dos casos suspeitos, com 6 pacientes, seguido por Distrito Federal (3), Rio de Janeiro (2), Pernambuco (2), Minas Gerais (1), Paraná (1), Santa Catarina (1), Ceará (1) e Rondônia (1), divulgou o ministério em nota.

Os casos em monitoramento abrangem 10 Estados, enquanto o número de casos já descartados para a doença, que ficou conhecida como gripe suína, é de 156.

O país já conta com seis pessoas infectadas pelo vírus, duas em São Paulo, uma em Minas Gerais, uma em Santa Catarina e duas no Rio de Janeiro, sendo que um dos fluminenses foi contaminado em território brasileiro por um amigo que contraiu a doença no México.

Os dois pacientes do Rio de Janeiro são os únicos que seguem internados, uma vez que as outras quatro pessoas que tiveram a doença confirmada se recuperaram bem e já receberam alta. Amigos e familiares dos jovens cariocas estão sendo monitorados pois também apresentaram sintomas da gripe H1N1.

Neste domingo, a Organização Mundial da Saúde (OMS) informou que o vírus H1N1 já infectou 4.379 pessoas em 29 países.