Médica: 1º a contrair gripe no País tem sintomas mais sérios

Portal Terra

SÃO PAULO - O segundo caso de gripe suína confirmado no Rio de Janeiro possui sintomas mais graves, conforme informou neste sábado a chefe do Departamento de Epidemiologia e Doenças Parasitárias do Hospital Clementino Fraga Filho, Regina Moreira, ao Jornal Nacional. Segundo ela, o vírus atingiu o pulmão do rapaz, de 29 anos, contaminado pelo amigo, que chegou do México no final de semana passado.

O estudante foi o primeiro a pegar a nova gripe no território brasileiro após ter contato com o amigo - que também está internado, como confirmado pelo Ministério da Saúde. Além disso, a mãe do rapaz que tem o caso mais sério também foi internada na madrugada deste sábado no hospital, com suspeita de ser mais um caso da doença no Rio.

No entanto, a doutora afirmou ao telejornal que os três pacientes passam bem. Regina Moreira confirmou que o paciente vindo do México não recebeu nenhuma informação no aeroporto e orientou as pessoas a procurar um médico assim que os primeiros sintomas aparecerem.

Segundo o JN, a direção do hospital disse que ainda não tem certeza se a mulher, de 52 anos, está realmente com a nova gripe, pois os exames ainda não estão prontos.

Por enquanto, a dona de casa está em um quarto isolado do hospital universitário. Citado pelo JN, o marido afirmou que a família agiu rapidamente e preferiu "interná-la nesta madrugada assim que ela apresentou sintoma de febre". O filho teve a doença confirmada na última sexta-feira e está internado no mesmo andar da mãe.