Surto de conjuntivite deixa mais de quatro mil doentes em PE

Portal Terra

RECIFE - Um surto de conjuntivite atinge o estado de Pernambuco. Em duas semanas, a Fundação Altino Ventura (FAV), unidade de referência no tratamento no Estado, atendeu cerca de quatro mil pessoas com a doença. Os casos passaram de 80 atendimentos por dia para 350. - Lá em casa começou com minha filha, depois foi minha esposa e agora todo mundo está doente. É uma doença que incomoda, dói muito - disse o motorista José Mauro Nascimento.

Os médicos da fundação afirmaram que as causas para o surto podem ser várias, desde as mudanças bruscas de temperatura, até os últimos feriados consecutivos, quando são comuns concentrações de pessoas. - A conjuntivite aumenta muito em períodos pós-festas, agora nós tivemos a Semana Santa e, anteriormente, o Carnaval. Em épocas de mudanças climáticas, as pessoas se predispõem mais a pegar surtos virais - disse a oftalmologista Graziela Luna.

A conjuntivite é uma inflamação na membrana transparente que cobre a parte branca dos olhos. A doença é provocada por um vírus e os principais sintomas são coceira, inchaço e lacrimejamento excessivo. - A gente sente um formigamento nos olhos, não dorme direito, não dá nem para assistir televisão - reclama a auxiliar administrativa Diana Cristina Silva.

Segundo Graziela, o contágio pode ser feito de forma direta, quando as pessoas tocam nas outras com as mãos contaminadas. Já a forma indireta do contágio é feita pelo ambiente, por maçanetas de porta, água de piscina, travesseiro, lençol de cama, toalha, etc. Para se prevenir da doença, a principal recomendação é lavar bem as mãos, várias vezes ao dia.

A Secretaria Estadual de Saúde afirmou que, em conjunto com o setor de epidemiologia da Secretaria de Saúde do Recife, investiga os casos. Segundo a secretaria, somente após as conclusões desse estudo, serão traçadas ações para conter a proliferação da doença.