Lula confere de perto estragos no Piauí e Maranhão

Jornal do Brasil

DA REDAÇÃO - O presidente Luiz Inácio Lula da Silva sobrevoará terça-feira áreas alagadas nos estados do Piauí e do Maranhão e visitará regiões mais afetadas pelas enchentes, além de ser reunir com os governadores e prefeitos de cidades atingidas nos dois estados. No Piauí, Lula sobrevoará a capital, Teresina, acompanhado do governador Wellington Dias, para observar o problema do alagamento provocado pelo aumento do volume de água dos rios Parnaíba e Poti. Há previsão de que Lula desça na Vila Mocambinho, onde terá contato pessoal com moradores do bairro.

Em seguida, o presidente Lula reúne-se com o governador do estado e prefeitos de cidades alagadas. Segundo informações do governo do estado, Wellington Dias entregará a Lula um mapa com o detalhamento de todas as famílias que, neste momento, enfrentam problemas decorrentes das enchentes,

No Maranhão, acompanhado pela governadora Roseana Sarney, o presidente deve sobrevoar o município de Bacabal, localizado a cerca de 250 quilômetros da capital, São Luís. Na Base Aérea de Bacabal, o presidente e a governadora se reunirão com prefeitos da região.

Por todo o Maranhão, rodovias estão interrompidas em decorrência do excesso de chuvas. Na BR-316, entre os municípios de Alto Alegre e Peritoró, o tráfego está interrompido por causa da queda de uma ponte de 17 metros sobre o Riacho Tapuios, no km 412. Por causa da interrupção, é preciso fazer um desvio pela BR-222, o que aumenta o trajeto em cerca de 300 quilômetros. (Com agências)