Índios da Raposa Serra do Sol negociam parceria com MST

Agência Brasil

BRASÍLIA - Os índios da reserva Raposa Serra do Sol, em Roraima, negociam uma parceria com o Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) com o objetivo de aumentar a produção agrícola da área. Segundo o Conselho Indígena de Roraima (CIR), o MST já havia procurado o conselho no final do ano passado, após a primeira fase do julgamento sobre a demarcação contínua da terra indígena no Supremo Tribunal Federal (STF). AS informações são do jornal Folha de S.Paulo.

Ainda de acordo com o jornal, o movimento pretende dar assistência técnica gratuita para os indígenas plantarem arroz orgânico, que não usa agrotóxicos ou sementes transgênicas. No mês passado, dois técnicos do MST do Rio Grande do Sul foram à reserva para avaliar as condições do plantio de arroz e dar palestras em uma escola técnica indígena. Os técnicos ainda ofereceram sementes aos índios.

Segundo o jornal, os líderes do conselho afirmaram que a relação com o MST não será política, mas servirá apenas para desenvolver economicamente a reserva. Os indígenas disseram ainda que têm um planejamento para se sustentarem e terem lucro com a terra.