Comissão fará diagnóstico dos gastos da Câmara

Agência Brasil

BRASÍLIA - A comissão da Câmara criada para fazer um diagnóstico dos recursos repassados aos deputados para o exercício da função parlamentar e dar transparência aos gastos deve se reunir amanhã. A comissão foi criada pelo presidente Michel Temer (PMDB-SP), depois das denúncias de mau uso da verba indenizatória e das cotas de passagens aéreas por deputados.

Em 30 dias, deverá ser apresentado relatório com sugestões de reforma e criação de um novo modelo do uso dos recursos recebidos pelos deputados. Entre eles estão R$ 3 mil de auxílio-moradia para aqueles que não têm apartamento funcional; R$ 15 mil de verba indenizatória, que deve ser usada em pagamentos de aluguel, manutenção de escritório e serviços de consultoria, por exemplo; além da cota de passagem aérea.

A comissão é formada pelos deputados Marco Maia (PT-RS), Antonio Carlos Magalhães Neto (DEM-BA), Inocêncio Oliveira (PR-PE), Odair Cunha (PT-MG) e Nelson Marquezelli (PTB-SP); e pelos servidores Sérgio Sampaio, Rômulo de Souza Mesquita, Evandro Lopes Costa e Marcos Vasconcellos.