Superior Tribunal Militar faz licitação para compra de carros de luxo

Agência Brasil

BRASÍLIA - O Superior Tribunal Militar (STM) abriu processo de licitação para a compra de novos carros oficiais para os 15 ministros da Corte. O Tribunal pretende gastar cerca de R$ 90 mil com cada autómovel, mas acredita que o preço poderá ser mais baixo, por entender que a empresa vencedora apresentará um valor menor. O total da compra está estimado em R$ 1.046.615,00.

De acordo com o edital do pregão eletrônico que será realizado no dia 12 de maio, os automóveis deverão ter câmbio automático de cinco velocidades, motor com potência mínima de 155 cavalos, pintura metálica, dois air-bags, revestimento de couro nos bancos e portas laterais, roda de liga-leve, freios ABS, além de outros opcionais.

- Parte do pagamento será realizado com a entrega de 10 veículos Honda Civic, da frota da instituição, no valor global de R$ 311.360,00 - diz nota divulgada.

O STM informou que a troca dos carros faz parte de uma política de renovação da frota e ocorre a cada quatro anos para evitar gastos constantes com a manutenção dos automóveis. - Os veículos que serão trocados, fabricados no ano de 2005, têm quatro anos de uso e já perderam a garantia, sendo atualmente a manutenção dos mesmos custeada pelo STM - esclareceu o tribunal.

Uma resolução para disciplinar a compra de carros oficiais pelo Poder Judiciário está em tramitação no Conselho Nacional de Justiça (CNJ), mas ainda não tem data para ser aprovada.