Hospital investiga suspeita de mal da vaca louca em BH

Portal Terra

BELO HORIZONTE - O Hospital das Clinicas da Universidade Federal de Minas Gerais em Belo Horizonte informou que será divulgado em 30 dias o resultado dos exames realizados em uma mulher de 66 anos que está internada na instituição com sintomas do mal da vaca louca.

Os testes que vão confirmar ou descartar a doença são feitos por um instituição de São Paulo. O HC não divulgou o local onde a análise é realizada nem onde a mulher pode ter se contaminado.

Segundo o HC, a paciente está internada desde o dia 15 de abril. A mulher não corre risco de morrer. Em nota, o hospital informou que "a doença é transmitida apenas por meio da ingestão de carne crua e não pelo contato entre pacientes", por isso não há risco da contaminação em outras pessoas.

- A Doença Priônica deve ser obrigatoriamente notificada e, portanto, se eventualmente for confirmada, os órgãos de saúde competentes serão imediatamente informados - concluiu a nota.

A Secretaria de Estado da Saúde de Minas Gerais informou que não foi comunicada oficialmente da suspeita.