Polícia indicia dois integrantes do MST por mortes em PE

Portal Terra

RECIFE - A polícia indiciou dois integrantes do Movimento dos Sem Terra (MST) por homicídio qualificado, concurso material, formação de quadrilha e porte ilegal de arma. Os dois são suspeitos de matar quatro seguranças de uma fazenda em São Joaquim do Monte (PE) no dia 21 de fevereiro. Outros quatro participantes do movimento foram citados por coautoria e formação de quadrilha e um segurança da propriedade rural também foi indiciado por porte ilegal de arma.

Três dos suspeitos são considerados foragidos e tiveram pedida a prisão preventiva. O delegado Luciano Francisco Soares, que preside o inquérito, acredita que o crime se caracteriza como execução, já que as vítimas foram baleadas em regiões letais do corpo.

A assessoria de imprensa do MST afirmou que o movimento só se pronunciará após ter acesso ao inquérito.