Famílias são orientadas a deixar prédio que ameaça cair em PE

Portal Terra

RECIFE - A Defesa Civil de Olinda (PE) orientou 24 famílias residentes no edifício Catuama, na rua Eduardo de Morais, no bairro de Jardim Fragoso, a deixarem o local, pois o prédio estaria prestes a desabar. Alguns moradores ouviram estalos na estrutura na noite de terça-feira e parte do forro de gesso do apartamento 302 desabou. Mesmo com a orientação da Defesa Civil, apenas duas famílias abandonaram o edifício.

O Catuama fica a cerca de 500 metros de distância dos edifícios Érika - que desabou em novembro de 1999, deixando quatro mortos e 11 feridos - e do Enseada de Serrambi, que também desmoronou um mês depois, matando sete pessoas e deixando 11 feridas.

Nesta manhã, a Defesa Civil faz uma vistoria no local. Na análise preliminar realizada ontem, os técnicos encontraram rachaduras, que segundo eles, podem ter sido provocadas por problemas de infiltração. A partir da nova vistoria, os técnicos vão avaliar se essas rachaduras, que são antigas, foram causadas por material de construção de má qualidade.