Abav: companhia aérea mexicana se recusa a cancelar multa de vôos

Felipe Sáles, JB Online

SÃO PAULO - O diretor de assuntos internacionais da Associação Brasileira de Agências de Viagens (Abav), Rossi Júnior, afirmou que poderá recorrer à Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) contra a empresa AeroMéxico, que continua cobrando multas de cancelamento de vôos. Segundo a Abav, a empresa mexicana é a única a manter as multas, embora não haja cobranças quanto ao adiamento de passagens.

- É uma falta de sensibilidade, pois quem tira férias não pode adiá-las - comentou Rossi. - Se preciso vamos recorrer à Anac para que essa prática seja abolida. Nenhuma outra empresa, operadora ou agente de viagens tem feito isso.

Perdas de 100% no turismo

Segundo Rossi, o México já pode considerar perdas de 100% no setor de turismo por conta da gripe suína. O diretor, porém, repudiou alarmismos.

- É uma questão de bom senso não viajar para o México. Ninguém vai fazer turismo num país com esse tipo de problema e onde tudo está fechado - comentou. - Mas também não devemos fazer alarmismo. Salvador está com surto de dengue e ninguém deixou de viajar para lá. Não há registros de cancelamento de vôos para nenhum outro país.

Ontem, representantes da Abav reuniram-se com as companhias aéreas para que fossem tomadas medidas como a melhor forma manutenção de grupos com suspeita de contágio e a higienização de aeronaves.