Gripe suína: num dia, Rio descarta seis casos suspeitos

Felipe Sáles, Jornal do Brasil

RIO - A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) descartou as seis suspeitas de casos de contaminação pelo vírus da gripe suína no estado do Rio de Janeiro, todas elas detectadas na chegada à capital fluminense.

Seis passageiros com sintomas relacionados com a doença desembarcaram terça-feira no Aeroporto Internacional/Galeão-Antonio Carlos Jobim e chamaram a atenção das autoridades sanitárias. Cinco deles faziam parte de uma mesma família que chegou ao Rio oriunda do Panamá, após escala no México.

O sexto passageiro veio de Miami, nos Estados Unidos. Os seis apresentavam sintomas dentro dos aviões, como dores de cabeça, diarréia, vômito e tosse.

Segundo o coordenador de Portos e Aeroportos da Anvisa no Rio, Marcelo Felga, três foram liberados logo após o atendimento e os demais encaminhados para exames complementares no Hospital Evandro Chagas, da Fundação Oswaldo Cruz.

Quadro sintomático diferente

É apenas uma medida de precaução para melhor diagnóstico, já que nenhum deles apresentou o quadro sintomático específico da doença [febre acima de 38 graus, tosse, dores de cabeça, nas articulações e musculares]. Está descartada a febre suína nesses casos , afirmou o coordenador da Anvisa no aeroporto carioca.

O Rio, no entanto, ainda espera esclarecer dois casos. Um deles é o de uma mulher de 44 anos, cujo voo teve origem nos Estados Unidos e aterrissou no Rio no sábado. Com um quadro de febre, ela foi internada para exames no Hospital Copa d'Or. Amostras de suas secreções foram colhidas a fim de que a Secretaria Municipal de Saúde pudesse fazer uma análise sobre as causas. O diagnóstico mais apurado é esperado para quarta-feira.

A segunda pessoa sob suspeita é uma médica que foi atendida em Volta Redonda. Ela foi atendida e liberada, mas, segundo o Ministério da Saúde, continua sob suspeita. No entanto, de acordo com o secretário municipal da Saúde, Hans Dohmann, dificilmente as suspeitas de gripe suína se confirmarão.

(Com agências)