Pedreiro é suspeito de matar ex-mulher com 28 facadas em SP

Portal Terra

SÃO PAULO - O pedreiro Anderson Gregório dos Santos, 26 anos, é suspeito de matar com 28 golpes de faca a ex-companheira Vanessa Cristina do Nascimento, 22 anos. O crime foi presenciado pela mãe do autor. Ele foi preso logo depois e autuado em flagrante na madrugada desta quarta-feira no plantão permanente da Delegacia Participativa da Polícia Civil em Presidente Prudente (565 KM a oeste de SP).

O crime aconteceu por volta de 22h30 de ontem em um ponto de ônibus localizado na rua Guilherme Trombini, no jardim Maracanã, região noroeste da cidade. De acordo com os registros policiais, o casal, que vivia junto há cerca de três anos, teria se desentendido e separado recentemente.

Para o delegado Rodrigo Moreira Sanches, Anderson afirmou que agiu em legítima defesa, pois foi atacado pela vítima. Nas declarações dele prestadas à polícia, Anderson foi até o ponto de ônibus junto com a mãe com a finalidade de levar o cartão de embarque para a ex-mulher.

Durante o encontro dos dois houve uma ligeira discussão e, conforme o depoimento de Anderson, Vanessa, que estaria de posse de uma faca de cozinha, o atacou e feriu a perna e o braço. Irritado com a atitude da ex-mulher, ele a teria desarmado e, depois de dominá-la, aplicado os 28 golpes com a mesma faca.

Após a agressão, a vítima caiu na calçada e o autor jogou a faca ao lado dela e fugiu. A Polícia Militar foi acionada e quando a guarnição chegou ao local, encontrou a mulher já sem vida e a faca ao lado do corpo. A mãe de Anderson, que assistiu a cena, entrou em estado de choque e teve de ser amparada por populares.

Durante as diligências, os policiais militares localizaram e prenderam o suspeito que estava escondido na casa de um primo, distante apenas cerca de 300 metros do local do assassinato.