Famílias beneficiárias do Bolsa Família terão de atualizar dados

Agência Brasil

BRASÍLIA - Mais de três milhões de famílias beneficiárias do programa Bolsa Família terão de fazer a atualização de dados em cadastro mantido pelo Ministério do Desenvolvimento Social (MDS). Segundo a secretária Nacional de Renda e Família do MDS, Lucia Modesto, os municípios estão recebendo comunicados sobre a necessidade dessa atualização desde fevereiro.

- As listas [de quem deve fazer a atualização] foram enviadas a todos os municípios, os beneficiários estão sendo avisados por meio do extrato bancário de pagamento dos benefícios. Estamos fazendo um processo de comunicação tanto por meio dos gestores do município quanto das famílias - afirmou.

Além disso, o ministério irá fazer campanhas no rádio e na televisão sobre a necessidade de se fazer a atualização.

Quem não fizer a atualização do cadastro até agosto terá o benefício bloqueado. O desbloqueio só poderá ser feito depois de o beneficiário procurar o gestor do programa no seu município e fazer a atualização dos dados. O benefício que até dezembro deste ano não tiver sido desbloqueado será cancelado a partir de janeiro de 2010. Para que a família possa retornar ao programa será necessário fazer uma nova avaliação de renda.

No total serão atualizados os cadastros de 3,07 milhões de famílias de todos os estados e mais o Distrito Federal. Somente em São Paulo, 426.188 famílias precisam atualizar o cadastro. Na Bahia são 354.691 e em Minas Gerais, 302.589.

A secretária disse ainda que a elevação de R$ 120 para R$ 137 do limite de renda mensal per capita para que a família tenha direito ao programa deverá sair até o fim de abril. A estimativa do ministério é de que mais 1,3 milhão de famílias tenham direito a receber o Bolsa Família.