SP: homem que teria matado mulher foi filmado em prédio

Portal Terra

SÃO PAULO - Câmeras de segurança de um edifício no Jardim da Saúde, na zona sul de São Paulo, registraram o momento em que o homem suspeito de matar a ex-mulher e de fugir com o filho entrou no prédio acompanhando as vítimas, por volta das 20h de ontem. Os dois voltavam para a casa da vítima, após assistirem ao jogo entre Santos e Corinthians.

As imagens também mostram o momento em que o homem deixou o apartamento levando o filho no colo, cerca de 40 minutos depois de entrar. Segundo a polícia, o suspeito saiu com uma camisa diferente da que usava ao entrar no apartamento. Há ainda suspeita de que o homem tenha subtraído bens do apartamento.

- Segundo familiares ele tinha muito ciúme da vítima e obsessão pelo filho. Ele não gostou da situação de ela ter saído da Bahia e vir para São Paulo sem ele saber e começou a agredir a vítima - disse o delegado José Eduardo Vieira Pinto em entrevista a um telejornal.

Ana Cláudia Melo e Silva foi morta a facadas na noite de ontem em um prédio da rua Doutor Malta. Vizinhos encontraram o corpo dela dentro do apartamento, no quarto andar do edifício, cerca de uma hora depois de ela entrar no prédio.

O suspeito foi identificado como Janken Ferraz Evangelista, 29 anos. Segundo o boletim de ocorrência registrado no 16º Distrito Policial (SP) e divulgado pela Secretaria de Segurança Pública (SSP) de São Paulo, a vítima morava com o marido na Bahia, mas teria retornado a São Paulo depois de ter sido agredida por ele.