Começa segunda sessão de depoimentos à CPI da Pedofilia

Agência Brasil

SÃO PAULO - Começou às 10h50 a segunda sessão da audiência pública da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Pedofilia realizada em Catanduva (SP). Após uma hora e vinte minutos de atraso, o presidente da CPI, o senador Magno Malta (PR-ES) abriu os trabalhos de hoje e convidou uma das mães de supostas vítimas para prestar depoimento.

Ainda hoje, estão previstos os depoimentos de oito suspeitos de praticar pedofilia em Catanduva. Dois deles, eram considerados foragidos até ontem, porém o Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP) derrubou os pedidos de prisão expedidos pela Vara da Infância e Juventude de Catanduva. Eles, entretanto, são obrigados a depor.

A audiência pública da CPI em Catanduva termina amanhã com oitivas reservadas das crianças supostamente vítimas da rede de pedofilia que atua na cidade. Segundo o senador Malta, pelo menos 40 crianças sofreram abusos por integrantes do esquema.