Preso verdureiro suspeito de vender droga para crianças

Portal Terra

SÃO PAULO - Policiais da Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes (Dise) da Polícia Civil de Presidente Prudente (SP) prenderam o vendedor autônomo Agenor Gila de Araújo, 62 anos, residente no Jardim Cobral, acusado por crime de tráfico de entorpecentes. As autoridades haviam recebido denúncias de que Araújo usava como disfarce uma banca para vendas de frutas e verdurantes. As denúncias afirmavam que o suspeito vendia droga para adolescentes e até para crianças.

Os policias encontraram com o suspeito um cigarro de maconha confeccionado com folha de caderno pautado. Na banca, os policiais acharam vários pedaços do mesmo papel de caderno já recortados e prontos para confeccionar mais cigarros da droga.

Questionado se havia mais droga em sua casa, Araújo negou em primeiro momento, mas acabou confessando. Na residência, em uma caixa de madeira, fechada com cadeado, os policiais encontraram um tubo de plástico transparente com mais cigarros de maconha já enrolados no mesmo papel de caderno e prontos para a venda.

Em poder do vendedor, os investigadores ainda encontraram R$ 290 em dinheiro, a maioria em cédulas de pequeno valor, e moedas. A quantia estava dividida em partes diferentes e acondicionada em embalagens plásticas. Os policiais também acharam um caderno com uma lista contendo nome de diversas pessoas que serão investigadas.