Morre mulher que teve carro arrastado pela chuva em MG

Portal Terra

BELO HORIZONTE - O Hospital São Lucas, em Belo Horizonte, confirmou na manhã desta quarta-feira a morte de Dalva Rocha de Paula, 86 anos. Ela estava internada no CTI desde a noite de segunda-feira, depois que o carro em que ela, o marido e a filha estavam foi arrastado pela enchente na avenida Prudente de Morais, região centro-sul da capital mineira.

O marido de Dalva, Aloísio Carlos de Paula, também 86 anos, morreu afogado. O casal e a filha, Clitia Lúcia Rocha de Paula, 63 anos, chegaram a ser socorridos pelo Corpo de Bombeiros. Somente Clitia sobreviveu.

Com isso, subiu para 34 o número de pessoas que morreram em decorrência de acidentes causados pela chuva em Minas Gerais, desde 15 de setembro do ano passado, início do período chuvoso. Segundo dados da Defesa Civil, além das 34 mortes, pelo menos outras 440 pessoas ficaram feridas vítimas de inundações e desabamentos.

O número de pessoas afetadas chega a 1,1 milhão. Destas, 10.389 pessoas ficaram desabrigadas e 106.829 desalojadas. 30 mil casas foram danificadas ou destruídas totalmente.

Ainda de acordo com a Estadual de Defesa Civil de Minas Gerais (CEDEC-MG), 191 municípios decretaram situação de emergência e outros 59 comunicaram estragos.