Avião de Lula tem segunda pane em menos de 24 horas

Laryssa Borges, Portal Terra

BRASÍLIA - O presidente Luiz Inácio Lula da Silva sofreu um novo problema no avião que viajava dos Estados Unidos para Brasília e teve de fazer uma aterrissagem brusca ao desembarcar na madrugada desta terça-feira na capital federal.

A comitiva presidencial, que já havia tido a necessidade de embarcar em um Boeing 737 da Força Aérea Brasileira (FAB) por problemas na porta do Aerolula, um Airbus 319, viu um dos flaps da aeronave apresentar pane, a segunda em aviões presidenciais em menos de 24 horas. O flap que apresentou problema tem por função aumentar a sustentabilidade do avião, ampliando a superfície das asas e garantindo estabilidade ao voo.

Segundo auxiliares do presidente, o comandante do avião considerou que não havia risco à vida de Lula e, por isso, decidiu pousar na Base Aérea de Brasília. De acordo com esses mesmos auxiliares, a tripulação jamais teria concluído o pouso se ele apresentasse qualquer possibilidade de risco à integridade do presidente e das autoridades presentes.

Conforme relato de assessores, não foi necessário trabalhar por uma rota alternativa e o Boeing conseguiu manter seu trajeto normal, não derrapando na Base Aérea da cidade.