Presa suspeita de levar bebê de maternidade no Maranhão

Portal Terra

SÃO LUÍS - Uma mulher foi presa na manhã desta terça-feira suspeita de levar uma recém-nascida do Hospital Municipal Adélia Matos, em Itapecuru-Mirim (PA), a 100 km de São Luís. A criança, levada por volta das 8h, foi encontrada pela polícia após três horas, em poder de Maria de Deus da Conceição Araújo.

A mãe disse que a menina foi levada por uma mulher que se fez passar por funcionária do hospital que faria o teste do pezinho na recém-nascida. Um vigia do hospital deu as características da mulher que teria saído com a criança.

- Foi um descuido do pessoal do hospital - explicou o delegado Morais, que montou barreiras pela cidade e, no fim da manhã, conseguiu prender a suspeita na casa de um amigo do namorado dela.

Segundo a polícia, a mulher contou que havia fingido uma gravidez para o namorado, por isso viajou para a capital e queria roubar a recém-nascida do hospital para apresentar como filha. Ela foi presa em flagrante e vai responder pelo crime de sequestro.

Esta é a segunda criança que desaparece de um hospital público no Maranhão em menos de 15 dias. No dia 6, uma menina foi levada da Santa Casa de Misericórdia de São Luís uma hora após o nascimento. A menina continua desaparecida.