Leptospirose: município de SP confirma um caso e investiga cinco

Portal Terra

SÃO PAULO - Um caso de leptospirose foi confirmado e outras cinco suspeitas da doença estão sendo investigadas no município litorâneo de Ilhabela (SP). A confirmação da primeira pessoa infectada foi feita na segunda-feira desta semana. Segundo nota divulgada pela prefeitura local, o paciente mora na cidade a menos de três meses e não tinha cadastro no Programa de Saúde da Família (PSF). Outros dois supostos casos de leptospirose que estavam sendo analisados apresentaram resultado negativo da doença. O diagnóstico das outras cinco suspeitas será dado na próxima sexta-feira.

A Secretaria de Saúde de Ilhabela descarta um foco da doença - originada do contato com a urina de animais contaminados, principalmente de ratos - considerando que as suspeitas de leptospirose ocorreram em bairros distintos da cidade.

A prefeitura alerta para que a população tome medidas preventivas, como evitar andar em córregos ou lugares com água corrente ou parada. O acúmulo de lixo, que atrai animais, também deve ser evitado.

A leptospirose é uma doença infecciosa transmitida pela urina de animais e causa febre, dor de cabeça, fraqueza, dores no corpo e calafrios. Curável, a doença requer atenção, no entanto, para que o diagnóstico seja feito precocemente, evitando complicações que, dependendo do grau de evolução, podem levar à morte.