Brasil não vai se "apequenar" diante da crise, diz Lula

Elaine Lina, Portal Terra

NOVA YORK - O presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou nesta segunda-feira, durante um almoço, em Nova York, que o Brasil não vai se "apequenar" diante da crise e que nenhuma medida deixará de ser tomada para conter seus efeitos.

"Não vacilaremos em lançar mão de todos os instrumentos ao alcance do Estado para minorar os efeitos da crise. Não vamos nos apequenar diante da crise", disse Lula.

O presidente afirmou ainda que, mesmo com os problemas financeiros que atingem os países de todo o mundo, nenhum investimento foi cortado no Brasil. "Não cortei nem cortarei nenhum centavo do gasto social nem das obras de infra-estrutura", disse.

Lula está nos Estados Unidos desde sexta-feira e deve retornar ao Brasil no fim da tarde de hoje. No último sábado, Lula teve um encontro com o presidente americano, Barack Obama, em que reforçou que as decisões políticas a serem tomadas na reunião do G20 poderão trazer soluções para a crise econômica