Via Campesina promove protesto em frente ao Supremo

Agência Brasil

BRASÍLIA - Pelo menos 400 militantes da Via Campesina participaram, na manhã de hoje, de um protesto em frente ao Supremo Tribunal Federal (STF), em Brasília.

Segundo a coordenadora nacional da Via Campesina, Rosana Fernandes, o protesto foi promovido em repúdio às últimas declarações do presidente do STF, ministro Gilmar Mendes, que cobrou ação do Ministério Público para apurar o repasse de recursos públicos ao Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST)

- Estamos no Supremo fazendo essa denúncia pública e dizendo não à criminalização dos movimentos sociais, porque é um direito do povo se organizar - afirma a líder camponesa.

Logo após a manifestação em frente ao STF, as mulheres fizeram um círculo ao redor da imagem da Justiça durante alguns minutos.