Nigéria quer adotar programas sociais do Brasil

JB Online

BRASÍLIA - O secretário nacional de Segurança Alimentar e Nutricional, Crispim Moreira, do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS), recebeu delegação da Nigéria e apresentou os programas de transferência de renda, segurança alimentar e política social.

Moreira fez um relato histórico sobre as ações desenvolvidas a partir de 2003 - início do governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva -relembrando o foco no combate à fome no Brasil. O dirigente também falou sobre programas do MDS executados por três secretarias: a coordenada por ele, SESAN, e as secretarias de Assistência Social (SNAS) e de Renda de Cidadania (SENARC). - Com os programas dessas secretarias, conseguimos alcançar a meta de reduzir a pobreza e pobreza extrema no país - destacou o secretário.

Os nigerianos ficaram interessados em conhecer mais detalhes sobre os programas Bolsa Família e de Restaurantes Populares. Quando os integrantes da delegação voltarem à Nigéria se reunirão com membros de todos os ministérios de seu país para apresentar as ações sociais do Governo Federal que conheceram. - Estamos monitorando o Brasil, que conseguiu mais avanços sociais que nós. Por isso, queremos levar para a Nigéria as melhores experiências daqui - destacou o subchefe da Casa Civil do governo nigeriano, Ibrahim Mohe.

A missão está no Brasil desde a última quinta-feira. Foram feitas visitas a outros ministérios. Além da Casa Civil, fazem parte da delegação nigeriana representantes do Ministério da Educação e Planejamento.